Você poesia, eu melodia

Eu desenhei o “SOL”
No braço do meu violão
E você me deu um “SI”
Será que “LÁ”

No fundo do seu coração
Tem “DÓ” de “Mi”
“RÉ”, “FA”, refarei
Essa canção pra ti

E espero que note
Mesmo que eu não saiba fazer
As notas mágicas
Mas quem sabe

Eu consiga te tocar
Com as minhas palavras
Na busca da oportunidade
De tocar o seu corpo

Com os meus dedos
Para sentir a sua pele
E o relevo
De suas curvas

Eu sei que você vai dizer
Que sou maluco
Mas tocar o seu corpo
Como toco o violão

É o meu sonho
E eu sonho
Danço, toco e canto
Pelos quatro cantos

Só pra dizer
Que te amo
Unir você, minha poesia
E eu, melodia

Vai ser
A melhor coisa do mundo
E nós dois juntos
Seremos uma linda canção

De paz e amor
No nosso dia a dia
Que faz o coração
Bater mais forte

Você poesia, eu melodia
Julio Cantuária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *