Destino não brinque comigo

Destino não brinque
Assim comigo
Eu só quero paz e amor
E não essa tristeza sem fim

Será que é pedir muito
Só querer o bem
Pra viajar no mundo
Na brisa que vai e vem

Eu só quero amar
Pra compartilhar alegria
E agradecer a simplicidade
Da vida em cada nascer do dia

Mas você, destino
Insiste em me contrariar
Só pra me ver sofrer
Afinal, ela não está comigo

E eu estou tão longe
Da minha paixão que é o mar
Destino pare de brincar comigo
Eu cansei de sonhar

Agora eu quero viver
Por isso, te peço
Pelo menos uma vez
Vê se conspire ao meu favor

Porque quero encontrar
A paz no sorriso
Lindo e encantador
Do meu grande amor

Que o tempo
Vai me revelar
Como ele fez
Com essa canção

Que em três acordes
No braço do meu violão
Me apaziguou
E me deu inspiração

Pra seguir cantando
E tentando mudar
O que o destino
Insiste em me castigar

Destino eu não sou levado
Apesar de ainda ser menino
E você é o culpado
Desse castigo

Do desamor
Então por favor
Pare de brincar comigo
E me deixe amar e ser correspondido

Destino não brinque comigo
Julio Cantuária

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *