Essa é a minha semente

Enquanto muitos pedem armas
Para fazer justiça
Com as próprias mãos

Eu peço livros e educação
Para fazer das palavras
Um movimento de revolução

Enquanto muitos propagam o ódio
Preconceito e intolerância
Por se acharem melhores e donos da razão

Eu semeio o raciocínio lógico
E clemência através da poesia
Pela paz nessa nossa cidadania

Afinal, independente da fé
Perante Deus
Somos todos irmãos

E a nossa missão
É de levar bondade, fraternidade
E a atitude de alma e coração

Saiba que daqui
Você não vai levar
Nenhum bem material

Então, releve, seja leve e desapegue
Para caminhar e construir
Longe de todas as coisas ruins

Seja livre e reggae
Porque a vida é breve
E não vacile por ai

Porque o mal
Ronda em nossa volta
Querendo fazer novas vítimas

Portanto não deixe a sua vida
Ser levada pela onda
De insensatez e hipocrisia

Que tomou conta
Dessa terra amada
Idolatrada e cheia de injustiças

Essa é a minha semente
Julio Canturia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *